Qual a importância dos números e das estatísticas no Tênis ?

05 de Setembro de 2020
Qual a importância dos números e das estatísticas no Tênis ?

Qual a importância dos números e das estatísticas no tênis?

 

 

Na maioria dos jogos de tênis que acompanhamos pela TV, nos intervalos dos sets são apresentadas algumas estatísticas do jogo, como porcentagem de primeiro saque, duração dos pontos e número de winners e erros não forçados. Portanto, hoje vamos falar sobre a importância desses números e qual a análise que podemos fazer de um jogo de acordo com as estatísticas.

 

1- Erros não forçados

2- Saque

3- Duração dos pontos

 

 

1- Erros não forçados/winners e erros forçados do adversário:

Os erros chamados de não forçados são aqueles em que o adversário faz uma jogada que não apresenta nenhuma dificuldade ao outro jogador, e este comete um erro. Em contra-ponto, os erros forçados são quando cometemos um erro após uma jogada do adversário que de certa forma nos conduz ao erro. A análise desses dois fatores em uma partida pode determinar o estilo de jogo de cada jogador. Por exemplo, um jogador que comete muitos erros não forçados e acerta vários winners, é um jogador mais agressivo, que toma iniciativa nas jogadas e arrisca mais; já um jogador com poucos winners e poucos erros não forçados, é um jogador mais passivo, que espera o momento certo e não arrisca tanto. Hoje, no tênis de alto rendimento, se usa bastante o scout, uma análise do jogo por meio dos números. O treinador anota o que acontece em cada ponto, e no fim ele subtrai os winners pelos erros não forçados; desse modo, temos uma análise de acertos e erros, se a subtração der positivo, significa que tivemos uma boa atuação, e se der negativo, uma má atuação.

 

 

2- Porcentagem de saque:

Essa é uma estatística mais usada no nível profissional, onde o saque tem um papel importantíssimo no jogo. Normalmente são calculados: porcentagem de primeiro saque na quadra, porcentagem de segundo saque na quadra, porcentagem de pontos ganhos com o primeiro saque e porcentagem de pontos ganhos com o segundo saque. Um jogador com alta porcentagem de primeiro saque na quadra e de pontos ganhos com o primeiro saque, tende a dominar a partida e ter o controle total das ações no seu serviço. Enquanto isso, um jogador com altos índices no segundo saque, é um jogador que consegue ser agressivo mesmo jogando com um saque mais colocado e estratégico. Evidentemente que essas estatísticas também dependem do devolvedor, pois podemos ter 80% de acerto com o primeiro saque e mesmo assim ter uma baixa porcentagem no número de pontos ganhos com o saque.

 

3- Duração dos pontos:

Outra estatística muito importante a nível profissional, onde a maioria dos pontos são decididos nas 5 primeiras rebatidas. O atleta que dominar os pontos com essa duração, tende a sair vitorioso. Portanto, há muitas variações, como a velocidade de quadra e da bola. Por exemplo, no saibro os pontos duram mais e no piso duro, menos. Portanto, se um jogo tem a maioria de seus pontos definidos entre a quinta e a sétima rebatida, o jogador que tiver vantagem nesses pontos normalmente vence.

 

Leia também